ciúme do irmão mais velho

Ciúme no irmão mais velho: como lidar?

Um problema muito comum nas famílias com mais de um filho é não saber lidar com o ciúme no irmão mais velho. O nascimento de um novo irmão pode trazer algumas dificuldades para o primeiro filho. 

Saiba que isso é mais comum do que se pensa, principalmente quando a criança, que agora assume o papel de irmão mais velho, tem idades entre 3 a 6 anos. Elas podem sentir que deverão disputar a atenção dos pais com o novo irmão.

Procure entender as razões para o ciúme no irmão mais velho

Para aprender como lidar com esse problema, é preciso, antes de mais nada, compreender as causas principais que levaram ao ciúme no irmão mais velho.

Berry Brazelton, pediatra e psiquiatra americano que é um verdadeiro papa do desenvolvimento infantil e relacionamento familiar, possui um livro cuja leitura pode ajudar muito as famílias que estão nessa situação. Sugiro fortemente a leitura (tem no Brasil traduzido).

Brazelton: Entendendo a rivalidade entre irmãos

Brazelton propôs ações para tornar mais fácil a resolução de surtos que são esperados durante o nascimento de uma nova criança. 

O autor defende que, embora a chegada do irmão mais novo seja um momento complicado na vida de uma criança, ela apresenta-se também como boa oportunidade de preparação para a vida.

Busque perceber qual o medo que rege o ciúme do seu filho mais velho. O comportamento está mais relacionado ao medo de perder o amor dos pais ou seria uma possível disputa de territórios?

Como lidar com o ciúme no irmão mais velho?

Seguem algumas dicas para ajudar nesse processo:

Sempre que possível, inclua o seu filho mais velho no processo de cuidados do caçula. Peça ajuda em pequenas tarefas, como escolher uma roupa, ou entregar o algodão na hora da troca de fraldas. As crianças adoram ajudar e se sentem importantes quando é delegada a elas tarefas. Mostre-se agradecido pela ajuda e parabenize o esforço da sua criança. 

Deixe claro o quanto ama o seu filho mais velho. Isso deve ser falado repetidamente e, é claro, demonstrado através de ações. A criança precisa dessa certeza para se sentir segura com o nascimento do irmão. 

Deixe a criança se aproximar do irmão e permita o toque e o carinho supervisionado. Vejo muito na maternidade que os pais não deixam o irmão chegar perto, ouço frases do tipo: “filho, vc está atrapalhando”, “filho, sai de perto do seu irmão”. Parece absurdo mas ouço sempre. Isso diminui o irmão mais velho e cria sentimentos negativos logo no primeiro contato.

Também é importante que os pais não deixem de dar atenção para o filho mais velho após o nascimento do novo bebê. Enquanto um dos pais está cuidando da criança mais nova, o outro pode dar atenção integral ao filho mais velho. 

Evite usar justificativas usando o nome do filho mais novo. “Não posso agora pois estou cuidando do seu irmão”. Sugiro frases como: “Claro filho, vai ser ótimo! Assim que a mamãe acabar de amamentar podemos fazer isso juntos. A mamãe vai adorar fazer isso com você”.

Não faça comparações entre os filhos, sejam elas boas ou ruins. Cada criança é única, e, quando os pais realizam comparações entre ambos, o resultado é o aumento do sentimento de rivalidade entre os irmãos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como pediatra em Nova Lima!

O que deseja encontrar?

Compartilhe