criança acima do peso

Criança acima do peso: como identificar?

Criança acima do peso: será que é o caso do meu filho? Existe método mais objetivo do que olhar as dobrinhas. Saiba mais!

O sobrepeso ocorre quando as crianças apresentam peso acima do ideal para sua idade, sexo e altura. Frequentemente, está associado aos maus hábitos alimentares e sedentarismo. 

Neste post, trazemos informações para te ajudar a entender como o diagnóstico de excesso de peso é realizado. 

Como diagnosticar uma criança acima do peso?

O diagnóstico se baseia se baseia na avaliação do gráfico de Índice de Massa Corpórea, que utiliza como parâmetros a proporção entre o tamanho e o peso da criança. Em todas as consultas pediátricas, após realizadas as medidas corporais, o gráfico de IMC (juntamente com os demais gráficos), deve ser preenchido e analisado junto com a família. 

O cálculo do IMC é realizado da seguinte forma: dividindo o peso da criança em quilograma pela altura  em metros ao quadrado.

Com o valor encontrado, é possível posicionar a criança no gráfico de IMC da Organização Mundial de Saúde (aquele da Caderneta da Criança do Ministério da Saúde). O nome técnico dessa localização que a criança ocupa no gráfico recebe o nome de percentil ou de z score. Veja o que significa na prática:

  • Maior ou igual ao percentil 85, e menor do que o percentil 97  ou z score entre 1 e 2 = risco de sobrepeso
  • Maior que percentil 97 e menor do que o percentil 99,9  ou z score entre 2 e 3= sobrepeso
  • Maior que o percentil 99,9 ou z score + 3 = obesidade

Lembrando que a análise do gráfico deve ser feita por profissional treinado e que, medidas isoladas, sem análise ao longo do tempo, podem induzir a erro de interpretação. Portanto faça regularmente suas visitas ao pediatra e não esqueça a Caderneta da Criança.

Criança acima do peso: outros sinais de alerta 

Além de verificar o percentil ou z score,  é importante verificar se esses importantes fatores estão presentes e buscar ajuda para promover mudanças:

  • Dieta desequilibrada – baixa ingestão de alimentos saudáveis e alto consumo de fast-foods, alimentos industrializados e congelados, refrigerantes, doces e frituras;
  • Sedentarismo – a prática regular de esportes e as brincadeiras ajudam na queima de gordura;
  • Histórico familiar de obesidade: fatores genéticos são importantíssimos;
  • Maus exemplos familiares: o exemplo dentro de casa pode incentivar o consumo irregular de alimentos não saudáveis e demais atitudes que contribuem para o ganho de peso;
  • Fatores psicológicos, estresse ou tédio podem fazer as crianças comerem mais do que o normal.
  • Comer com eletrônicos: no geral, ao se distrair com TV ou outro eletrônico, a criança costuma comer mais do que o necessário.
  • Líquidos durante a refeição: tal qual os eletrônicos, costumam resultar em maiores volumes de comida ingerida.

Atitudes positivas para deixar os pequenos longe do excesso de peso

Hábitos saudáveis se adquirem com a família. Os pais devem ser os modelos para todos. É importante manter os horários das refeições, comer em um ambiente sem distrações e evitar oferecer guloseimas nos intervalos. Outra medida é eliminar os alimentos industrializados, enlatados e embutidos. 

A casa deve mudar os hábitos. É impossível conseguir sucesso na redução do peso sem o apoio familiar. Uma vida e dieta saudáveis vão beneficiar todos.

A prática de atividade física deve ser incentivada com orientação de um profissional de educação física. Brincadeiras ao ar livre e atividades sociais também influenciam do distanciamento dos eletrônicos e do sedentarismo. O ideal é que a criança faça 1 hora de atividades aeróbicas por dia, como por exemplo correr ao ar livre. 

Criança acima do peso é um assunto sério. Não somente pelas questões estéticas e psicológicas envolvidas, como também pelo risco precoce de doenças cardiovasculares, aumento de colesterol, hipertensão arterial, problemas articulares, diabetes, dentre outros.

É essencial fazer a reeducação alimentar com o apoio de pediatra, endocrinologista e nutricionista para que a criança acima do peso alcance uma melhora global na condição da saúde. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como pediatra em Nova Lima!

O que deseja encontrar?

Compartilhe