Recém Nascido – um guia prático para visitas

Olá!!

Meu nome é Letícia Rubim, sou pediatra e apaixonada por bebês.

Hoje vou falar sobre um tema que atormenta os pais mesmo antes de a criança nascer: a visita ao bebê recém nascido.

 

Quem visita o bebê recém nascido?

A maioria das pessoas que desejam visitar seu bebê, são parentes e amigos, e, muitas vezes, os pais não se sentem confortáveis em estabelecer limites e regras para esse momento, transformando-o em algo pouco prazeroso.

 

Como estabelecer regras?

O filho é seu, então não se sinta constrangida de estabelecer algumas regras, desde que isso ocorra de forma educada. Procure criar regras para situações que de fato interfiram para a segurança do seu filho, o que, nesse caso, seus amigos e parentes compreenderão prontamente.

Após o nascimento do seu filho, utilize os grupos familiares de whatsapp, e os grupos de amigos, para comunicar o nascimento. Fale como foi o parto, se está tudo bem, quanto pesou e quanto mediu. Você não terá tempo de ligar para cada um.

Nessa mesma mensagem, deixe claro qual a sua preferência de visita, qual horário e qual local. Por exemplo: venham conhecer meu pequeno no Hospital, o melhor horário é na parte da tarde e início da noite, pois de manhã ocorrem as rotinas hospitalares e de noite precisamos descansar… Ficaremos muito felizes com sua visita. Deixem suas crianças em casa, programaremos uma visita mais tarde para eles se conhecerem. O quarto é pequeno e não há espaço para brincar… seu filho não vai gostar… Se tiver alguém doente, me avise para programarmos uma visita assim que estiver melhor…O endereço é tal e meu quarto é tal….

Uma outra opção é: aguardaremos sua visita na minha casa, depois que eu conseguir me adaptar com essas rotinas iniciais.. Assim que eu já estiver acostumada com tudo, amarei visitantes. Combinaremos dia e horário por telefone. Muito obrigada pelas boas vibrações… ou algo do tipo.

 

Visitar na maternidade ou em casa?

Minha opinião é que visitas na maternidade são boas. Na sua casa, você tem que se preocupar com o que oferecer para a visita e ainda dar conta de tudo do bebê. No hospital, você só tem que receber a visita, e, no máximo, oferecer uma lembrancinha do nascimento. Visitas são maravilhosas, mas quando você de fato consegue aproveitá-las. Se grande parte dos seus conhecidos a visitarem na maternidade, ganha-se tempo para programar uma visita mais tranquila na sua casa, quando seu bebê estiver mais velho e você mais habituada a essa nova vida.

Deixo ou não segurar o bebê?

 

Se a visita pedir para segurar o seu bebê, sugiro a seguinte resposta: “claro, a pia está logo ali com álcool gel e aqui está a fraldinha para colocar entre você e o bebê”. Se o bebê estiver dormindo fale gentilmente: “ que pena, ele está dormindo, quem sabe na próxima visita conseguimos… o pediatra falou que não devemos acordar o bebê”.  Se alguém levar alguma criança e ela pedir para colocar no colo, fale gentilmente que ela pode ficar do lado enquanto algum adulto carregar seu filho.

Visitas e amamentação

Quando estiver na hora de amamentar, peça licença para as visitas, mesmo que você não tenha constrangimento em amamentar na frente de terceiros. Quanto mais tranquilo o ambiente para uma mãe que está aprendendo a amamentar, mais tranquilo será a amamentação. Peça para outro familiar próximo entreter a visita enquanto você acaba.

Dicas para você visitar um bebê recém nascido

 

E se você ainda estiver grávida ou for a pessoa que vai visitar, ficam as seguintes dicas:

A visita é rápida, máximo 20 minutos, nada de levar crianças e nada de ir doente. Não visite ninguém sem avisar antes, e sempre perguntar se pode visitar, onde, quando, e qual é o melhor horário. Se for visitar em domicílio, vá fora dos horários de refeições e coma antes (já chegue avisando que lanchou). Você não sabe como está a rotina da família e se eles estão com tempo de fazer algum petisco. A visita em domicílio também não deve ser demorada.

Não peça para colocar o bebê no colo, a não ser que a mãe ofereça. Coloque-se disponível para ajudar no que for possível. Sempre lave as mãos antes de pegar no bebê e nunca peça para acordá-lo. Não use perfumes de odor forte.

 

Espero ter ajudado com as dicas.

Até nosso próximo encontro…

Um grande abraço!!!

O que deseja encontrar?

Compartilhe